Berçário – PVC

Tela de poliéster de alta tenacidade, recoberta com PVC flexível de elevada resistência.

Possui ilhoses de fixação na parte superior e alças de aço inox soldadas na parte inferior.

Contém tratamento contra proteção contra raios UV e anti-fungos.

Apresenta um bom desempenho, com menor aderência de algas e sem causar ferimentos aos peixes.

Usada para desenvolvimento dos alevinos à partir de 3 a 5cm com até 30g.

Cores: azul / preto (verificar disponibilidade).

* Não acompanha corda de amarração.

Descrição do Produto

Dimensões disponíveis

Diâmetro dos fios

Tamanho (m)

Profundidade (m)

Malhas (mm)

210/6

1,80×1,80

1,10 – 1,40* – 1,80*

5

7

12

210/6

2,80×2,80

1,10 – 1,40* – 1,80* – 2,00*

5

7

12

 

*confeccionados mediante a pedido mínimo de 5 unidades, ou disponibilidade de estoque

Outras medidas mediante consulta

Tags: bolsão berçário pvc, berçário para alevinos, berçário poliéster revestido, berçário emborrachado, bolsão de alevinos, maternidade de alevinos, berçário de peixes, peixes pequenos, alevinos, avelinos, tanque rede inicial.

Climatização:

Assim que os peixes chegam é muito importante que deixem eles boiando dentro do saco no tanque rede por um período de no mínimo 40 minutos para que as temperaturas se igualem, e em seguida vá misturando aos poucos a água onde eles serão soltos a água que está dentro do saco e solte-os posteriormente.

 

Mortalidade dos alevinos:

Não basta ter apenas a água necessária para o tanque rede, é preciso um conhecimento sobre o volume em que ocorre a troca da água, oxigenação, e temperatura da água (choque térmico).

A alimentação irregular, o manejo incorreto (equipamentos utilizados transporte e técnicas arcaicas), são as principais causas de morte dos peixes.

Já que no estágio inicial é necessário maior cuidado.

Não trate nem stresse os alevinos durante as primeiras 24h após a chegada dos mesmo.

 

Banho de sal:

Para o banho de sal é necessário:
– 1 lata de óleo de soja
– 1 cabeça de alho grande
– sal

Bata a cabeça de alho no liquidificador com o óleo e vá misturando um pouco de sal, em seguida coloque em uma garrafa “pet” até se tornar uma substância pastosa (quase um tempero pronto).

Antes da alimentação dos peixes jogue um pouco do óleo na água, e jogue a ração por cima.

Com isso os alevinos irão comer a ração e se “lambuzar” do óleo com sal que irá evitar a formação de fungos. O alho irá combater o stress do peixe.

Esta receita não deve ser utilizadas mais de uma vez ao dia, e muito cuidado para não intoxicar os peixes.

 

Limpeza do Bolsão (Berçario) com os alevinos:

É muito importante que se mantenha limpo o bolsão para que as algas que se formam na tela não impeçam que o oxigênio chegue ao tanque.

Uma dica sem custo e sem perda de tempo é a colocação de peixes “limpantes” como o Cascudo e a Curimba dentro do bolsão para que eles auxiliem a limpeza do tanque (não coloque os no mesmo dia que os alevinos chegaram, pois eles se alimentam da sujeira incrustada no bolsão).

 

Limpeza do Bolsão após o uso:

É muito importante que se mantenha limpo o bolsão mesmo após o seu uso, por isto recomendamos que o mesmo seja lavado a mão com sabão neutro, deixar secar na sombra e guardar em local fresco e arejado, após seco verifique se os mesmo não tem nenhum rasgo ou furo e guarde-o para utilizar novamente.

 

Comedouro no bolsão (berçário):

O uso do comedouro nos berçários é um fato que gera bastante discussão, pois como a malha do berçário é pequena e entope (se fecha) muito depressa devido a colmatação (lodo) e a ração é pequena o uso de outra tela interna com a malha ainda menor atrapalhará ainda mais a circulação da água, com isto atrasando o desenvolvimento dos alevinos.

Assim a solução mais econômica e que tem funcionado melhor é a colocação de uma câmara de de bicicleta aro 29 dentro do bolsão pois a mesma ficará boiando e não atrapalhará a circulação de água.

Segue abaixo tabela de sugestão para alimentação de peixes tilápias em tanques rede:

29 a 32ºC 26 a 28 ºC 22 a 26ºC 22 a temp. menor
Peso dos peixes (g) Taxa (%peso vivo) Ref. Diárias Taxa (%peso vivo) Ref. Diárias Taxa (%peso vivo) Ref. Diárias Taxa (%peso vivo) Ref. Diárias
1 a 10 10,0 4 10,0 4 8,0 3 6,0 2
10 a 25 8,0 4 8,0 4 6,0 3 4,0 2
25 a 100 3,0 3 4,0 3 3,0 2 2,0 1
100 a 300 2,5 2 3,0 3 2,5 2 2,0 1
300 a 600 1,5 2 2,0 2 1,5 1 1,0 1
600 a 1000 1,0 1 1,50 2 1,0 1 0,6 1

Sugestão aproximada de taxa de alimentação para tilápias em tanque rede.

Quantidade de peixes por tanque x peso médio x % do peso vivo : nº de refeições = Quantidade em kg de ração por dia

Exemplo prático do uso da tabela:

Tanque rede com 600 peixes
Peso médio 500g (0,50kg)
Temperatura da água a 27ºC

Cálculo: 600 x 0,50kg x 2% = 6kg : 2 = 3kg, ou seja em cada refeição deverá ser fornecido aos peixes 3kg de ração.